Confira como fazer um controle de combustível eficiente


Todo gestor se desdobra para encontrar formas de diminuir os custos e melhorar a eficiência de sua frota. Um dos pontos cruciais neste aspecto do seu negócio será, evidentemente, o consumo de combustível nas suas operações e traslados. É importantíssimo que uma empresa que lida com essas atividades tenha bons critérios para controlar os abastecimentos e padrões para economizar o quanto possível.

Existem muitos fatores que podem fazer com que o consumo de combustível de sua frota aumente. Que tal conhecer alguns desses casos e ver como fazer um controle mais eficiente?

As condições dos veículos de sua frota

Quando os carros estão desregulados ou com problemas mecânicos, geralmente apresentam um desempenho muito abaixo do que poderiam ter e, além disso, consomem combustível em maior quantidade. É essencial que o gestor tenha controle sobre a manutenção da frota, registrando quando as peças novas foram colocadas nos carros e qual seria a previsão para sua substituição, bem como as datas para revisão e vistorias.

Os traçados das rotas a serem seguidas

Para todo destino existe a melhor rota a ser seguida. Isso nem sempre significa o caminho mais curto, mas aquele que será mais eficiente, levando-se em conta inúmeros parâmetros, como a quilometragem percorrida, o consumo de combustível, o tempo parado no trânsito, pedágios e condições das vias.

O estudo de quais seriam os melhores percursos pode proporcionar uma queda de até 1/3 nos gastos que a empresa tem com combustível. Vale a pena, desse modo, investir em planejamento e no controle dos trajetos.

Os modos de utilização do veículo

Você sabe como são os comportamentos dos motoristas que trabalham em sua empresa? Se você pensa que isso não tem tanta influência no consumo de combustível, está redondamente enganado. Até a forma de trocar as marchas e de pisar no acelerador pode, no longo prazo, ter influência negativa nos gastos com seus abastecimentos. O mesmo se dá nos casos em que os motoristas têm má conduta no trânsito, acelerando e frenando bem mais do que precisariam. Oriente seus condutores a ter boas práticas ao volante e a sustentar uma direção defensiva.

Os modelos dos veículos da frota

Sem dúvida, os tipos de veículos influenciam bastante no consumo de combustível. Inúmeras vezes os gestores erram na escolha do veículo destinado para cumprir certa atividade de carga ou logística, pensando apenas na redução momentânea de recursos investidos, mas sem ter feito uma pesquisa que considerasse a situação por alguns meses ou anos.

Se a sua frota tiver os veículos adequados para as operações que sua empresa preenche no mercado, você terá mais performance e menos custos com abastecimentos.

As políticas de abastecimento que a empresa adota

Cada empresa funciona de um jeito, inclusive na hora de estabelecer seus padrões de compra e abastecimento de veículos. Porém, se o gestor tiver um monitoramento preciso de quanto é gasto e o volume de combustível que realmente entra em seus carros, ele poderá se planejar melhor e analisar onde poderia melhorar seus abastecimentos. Nesse sentido, vale a pena, por exemplo, investir em um sistema automatizado para controlar esse processo e lhe indicar todas as informações sobre eventuais fraudes, leituras do hodômetro e horímetro em tempo real e muito mais.

Outro aspecto que vai influenciar nos gastos é o próprio tipo de combustível que a sua frota trabalha: se é com gasolina, álcool, gás ou diesel. Não só os custos devem ser levados em conta, mas também o rendimento que proporciona com o volume consumido.

Fique por dentro das novidades

Desenvolvimento Logo TekoaTekoa
WhatsApp chat