Inovações e tendências para manutenção de frota de caminhões

manutenção de frota de caminhão

O mercado de transportes passou por uma série de mudanças nos últimos anos. Vários fatores contribuíram para isso. Entre eles, o avanço tecnológico e o desenvolvimento da logística tiveram um papel fundamental. No entanto, ainda há mais transformação por vir, sobretudo na manutenção de frotas de caminhões.

As alterações na legislação quanto a restrições ambientais e a necessidade de aprimorar e otimizar os processos também foram – e ainda são – responsáveis pela evolução na gestão de veículos pesados. Na verdade, as tendências mostram que esse conjunto de fatores ainda irá trazer mais inovações ao setor.

Tecnologia dita inovações na manutenção de frota de caminhões

Com todo o desenvolvimento dos últimos tempos, a tecnologia tem, é claro, um protagonismo nesse cenário. Ela já facilitou bastante a manutenção de frotas de caminhões e, como veremos a seguir, promete trazer ainda mais benefícios para quem empreende e trabalha na área.

São contemplados desde o manejo de carga, até a questão da segurança, passando pelo abastecimento. Abaixo listamos e falamos um pouquinho sobre as principais tendências para manutenção de frota de caminhões. Confira!

Monitoramento em tempo real

Um dos grandes desafios da manutenção de frotas de caminhões no Brasil é o problema da falta de segurança nas estradas. O roubo de cargas causa prejuízos imensos para o setor de transportes.

Hoje em dia, o rastreamento já vem sendo usado para evitar esse tipo de ocorrência. Sistemas via satélite conseguem seguir o veículo desde a partida até a sua chegada ao destino. Em breve, esses recursos serão ainda mais avançados, com GPS e rastreamento por radiofrequência (RFID) que otimizam o monitoramento. Para se ter uma ideia, eles permitem, por exemplo, identificar as mercadorias à distância.

Uma das grandes vantagens desses sistemas é que eles funcionam em tempo real. Isso permite que a comunicação seja muito mais eficiente. Além disso, também possibilita que os problemas sejam resolvidos imediatamente.

Conectividade e automação

A tendência que vem sendo chamada de “caminhão inteligente” é uma das inovações mais comentadas quando se fala sobre transporte de cargas. No futuro, os caminhões estarão o tempo todo conectados, fornecendo informações muito além da localização – também sobre o andamento da viagem, as rotas, a carga, etc. Além do sistema de monitoramento embarcado, é possível que sejam utilizadas também câmeras de 360 graus.

Já estão sendo testados também caminhões que executarão algumas tarefas “sozinhos”. É com esse fim que estão sendo desenvolvido alguns itens como o sistema autônomo de frenagem, o alerta de ponto cego, o assistente de permanência em faixa e o piloto automático adaptativo.

Gestão de frotas automatizada

A grande maioria das empresas que possuem frotas hoje já utilizam softwares de gestão – mas há sistemas específicos para manutenção de frota de caminhões. Administrar vários veículos e deslocamentos, além de todos os outros aspectos envolvidos nessa operação é um trabalho bastante complexo.

Sendo assim, contar com software desenvolvido especificamente para isso traz muitos benefícios. Essas plataformas eliminam a necessidade de controle e acompanhamento manuais diminuindo a incidência de erros

Os sistemas de gestão de frotas também fornecem relatórios relacionados a custos e desempenho. Isso reduz a inconsistência nos indicadores e permite que se tenha acesso fácil a um panorama geral do negócio. Implantando uma plataforma dessas, o gestor consegue monitorar a eficiência dos processos e ter clareza sobre todos os seus custos.

Preocupação com a sustentabilidade

Atualmente, o meio ambiente precisa ser uma preocupação dos gestores de todos os setores. Isso não somente em função da legislação ambiental que precisa ser respeitada, mas também para efetivamente participar da proteção do ecossistema. Não é por acaso que, atualmente, ações desse tipo melhoram a imagem da empresa no mercado.

A sustentabilidade também pode ser aplicada nos transportes com uma manutenção de frota de caminhões preocupada com a questão. A tendência é que no futuro todas as empresas ajam dessa forma. Tecnologias que ajudam a reduzir a emissão de gases dos veículos e recursos para aumentar o rendimento dos combustíveis já vêm sendo desenvolvidos.

No futuro também é provável que comecem a ser utilizados combustíveis mais limpos e menos poluentes. Enfim, se buscará cada vez mais ter uma “ecofrota” que cause o mínimo impacto possível.

Economia e zero desperdício

Reduzir ao máximo os desperdícios também é uma atitude sustentável que, além de ser correta do ponto de vista ecológico, também significa menos gastos e uma maior rentabilidade. Nesse sentido, é muito importante falar sobre o consumo de combustível.

Ao mesmo tempo em que esse item representa uma grande fatia dos custos totais do transporte, otimizar o seu uso também é bom para o meio ambiente. Uma das formas de fazer isso é contando com sistemas de abastecimento automatizado de frotas. Essa tecnologia não apenas já existe, como já é utilizada de forma consistente por muitos negócios. A tendência, no entanto, é que no futuro todas as empresas tenham seu abastecimento automatizado.

Através de plataformas como o SAAF (Sistema de Abastecimento Automatizado de Frotas desenvolvido pela IONICS) é possível controlar cada gota de combustível utilizada. Além de liberar o abastecimento somente para veículos autorizados e evitar os temidos desvios, ele registra todos os dados da operação. Isso permite que o gestor consiga identificar gastos indevidos e caminhões com baixo rendimento. Dessa forma, é possível corrigir eventuais falhas e substituir ou consertar os veículos que estiverem consumindo mais combustível que os demais.

Fique por dentro das novidades

Desenvolvimento Logo TekoaTekoa
WhatsApp chat